Sobre o autor


Jussara Souza

Biografia:

Autora do livro: Descubra seu propósito – Desperte seu talento, realize seus sonhos e encontre sentido para a vida.

*Jussara Souza é formada em Administração e pós-graduada em Controladoria. Trabalhou por mais de 10 anos na área financeira de grandes empresas. Em 2015, com dúvidas no relacionamento e no trabalho, decidiu dar uma guinada na sua vida e tornar-se escritora. Tem um filho de 2 anos, adora bichos – tem 4 vira-latas adotados, que são tratados como filhos –, e tenta ajudar o marido a fazer menos listas de tarefas. É autora também de “Os opostos se distraem”.

 

Confira abaixo entrevista exclusiva com a autora e conheça um pouco mais sobre ela.

 

– Como e quando surgiu a ideia de escrever seu primeiro livro, e qual foi?

Surgiu em um momento de transição de vida. Depois de mais de 10 anos trabalhando na área financeira de grandes empresas, decidi planejar minha saída e me dedicar a uma outra atividade. Desde pequena, sempre gostei muito de ler e escrever. Durante a fase de faculdade e especializações, a leitura ficou voltada somente para os livros de âmbito profissional. Foi no período de transição que descobri os livros de desenvolvimento pessoal, os quais me ajudaram a resgatar a Jussara amante dos livros e da escrita.

No entanto, da descoberta da vontade de escrever surgiu a pergunta: “Sobre qual assunto ou gênero escrever?” Comecei a pesquisar os grandes autores e encontrei um artigo do Paulo Coelho intitulado “Sobre a Arte de Escrever”. Em um trecho, ele diz o seguinte: “Você não pode tirar algo do nada. Ao escrever, use sua experiência.” Pensei comigo; é isso! Vou contar sobre a minha busca pessoal atrelada ao momento atribulado no relacionamento. Neste período de mudança, meu casamento também sentiu com as minha dúvidas e insatisfações pessoais. E foi assim que surgiu meu primeiro livro, “Os Opostos se Distraem”.

– Onde busca inspiração para os temas de seus livros?

Além das minhas experiências pessoais, meus dois livros foram inspirados também nas experiências de outras pessoas que passaram por situações parecidas. Apesar de acreditar que a história de cada indivíduo é única, ainda assim, nos identificamos com elas. Adoro ler, assistir filmes e documentários de pessoas que venceram barreiras físicas, emocionais e culturais na busca de seus propósitos. Também me interesso em escutar o relato daquelas que mesmo não sendo famosas tem algo a ensinar sobre superação.

– Como foi a experiência de escrever o livro “Descubra seu propósito”?

Tive várias fases na escrita do livro. Desde momentos de muita inspiração à de total bloqueio criativo. Teve períodos que eu não conseguia organizar as ideias e colocá-las no computador. Foi então que decidi procurar ajuda. Fiz um trabalho de mentoria com uma amiga Coach e foi ótimo. Apesar de ser uma pessoa organizada, reconheci que o auxílio profissional faria diferença para que o livro saísse do campo das ideias e se tornasse algo concreto.

– Já tem tema para um próximo livro?

Já tenho o tema e um livro novo estruturado. Será uma sequência de Os Opostos se Distraem. Desta vez, vou compartilhar outra experiência: a de uma mulher de 40 anos que não queria ser mãe. E depois, decidindo pela maternidade, é conduzida ao parto humanizado. Espero que a minha vivência gestacional possa empoderar futuras mamães (e papais) neste campo da medicina onde os desejos das mulheres ainda são subjugados por um modelo patriarcal. Gostaria de transmitir à essas mulheres o quanto os cuidados consigo – consequentemente com o bebê, são importantes. Além disso, como a informação pode ajudá-las a cobrar por mais respeito e direitos na hora de trazer seus filhos ao mundo.

– Já descobriu o seu propósito na vida?

Hoje digo que sou uma buscadora. Certamente, a escrita foi uma descoberta de propósito. No entanto, na minha caminhada por autoconhecimento, refleti que passamos por vários ciclos na vida. E a cada ciclo um novo projeto se manifesta. A escrita continua sendo um propósito na minha vida. Entretanto, quando fui mãe, este se tornou também um propósito pra mim. Senti necessidade de me dedicar à esta fase maternal. Agora, depois de 2 anos, estou me preparando para retornar ao trabalho. Voltei a escrever aos poucos e tenho planos de desenvolver uma nova atividade, a qual me dediquei a estudar no período de concepção e gestação do meu filho. Quem sabe daí possa surgir mais um propósito de vida?!

– Qual dica você dá para as pessoas saírem do estado de insatisfação e encontrarem seu propósito?

Confie na sua intuição. Ninguém sabe o que é melhor para você do que você mesmo. Não dê ouvidos aos palpiteiros de plantão. Se aquilo que você está fazendo não está dando certo, vá em busca de algo que lhe dê prazer. Mas lembre-se: mesmo aquilo que dá prazer traz consigo desafios, muitas vezes dos grandes. Acredite, confie, seja persistente. Nada resiste a uma pessoa insistente.

– Qual livro está lendo agora? 

Tenho o costume de ler mais de um livro ao mesmo tempo. Atualmente estou lendo; Lua Vermelha, da autora Miranda Gray; Luz de Vela, de Lobsang Rampa, e relendo; O cérebro da criança, de Daniel J. Siegel e Tina Payne Bryson e Espaço Sagrado, de Denise Linn.

– Poderia nos contar qual livro marcou sua vida e que vale a pena a leitura?

Nossa, foram tantas leituras impactantes na minha vida. É quase impossível escolher uma só. Na minha fase de transição 2 livros ajudaram no meu despertar. São eles: Você pode curar sua vida, da Louise Hay, e As sete leis espirituais do sucesso, de Deepak Chopra.

 

Livros da Autora

Receba nossas novidades em seu e-mail

Newsletter
Topo