Sobre o autor


Byung-Chul Han

Biografia:

Autor dos livros: Sociedade do cansaço, Sociedade da transparência, Topologia da violência, Agonia do Eros, Sociedade paliativa, Favor fechar os olhos, O que e poder?, Hiperculturalidade, Morte e alteridade, No enxame, A salvação do belo, Filosofia do zen-budismo, Bom entretenimento e Capitalismo e impulso de morte.

O filósofo sul-coreano Byung-Chul Han construiu sua carreira na Alemanha, onde cursou Filosofia na Universidade de Friburgo e Literatura Alemã e Teologia na Universidade de Munique. Em 1994, doutorou-se em Friburgo com uma tese sobre Martin Heidegger. É professor de Filosofia e Estudos Culturais na Universidade de Berlim e autor de diversos livros sobre a sociedade atual e publicados pela Editora Vozes.
Ao longo de seus textos, Han faz uma crítica às relações de poder, para pensar saídas para o capitalismo atual, que forma um sujeito hiperativo. Outra crítica é em relação ao sujeito que se prende à sua identidade, quanto indivíduo isolado, individual e que permanece fechado em sua própria postura egocêntrica e narcísica em relação ao mundo.
Com uma abordagem que caminha pelo aspecto referencial de diversos contextos, inclusive o próprio, Han propõe que o leitor seja capaz de pensar um modo de existência em que a relação com o outro não se perca. A proposta é que os seres humanos não se isolem na sua própria individualidade e seu ego, mas que tenham uma relação de abertura ao mundo e aos outros. Ciente das discussões atuais da filosofia, o autor aborda temas contemporâneos e relevantes para a sociedade como política, mídias e relações sociais.

Livros do Autor

Receba nossas novidades em seu e-mail

Newsletter
Topo